in

3 exercícios simples de respiração consciente para usar a qualquer hora, em qualquer lugar

3 exercícios simples de respiração consciente para usar a qualquer hora, em qualquer lugar

Respire fundo.

Muitos de nós já experimentamos a sensação de ser oprimidos por nossos pensamentos, emoções e sensações ao nosso redor. É aí que a atenção plena entra em jogo. É um exercício de consciência não julgadora por meio da aceitação de nossos pensamentos e sentimentos como eles são. É simples, mas pode ser usado com eficácia todos os dias.

A introdução de uma prática de atenção plena em nossa vida diária nos proporciona um momento de pausa intencional que pode ser transformador, especialmente em momentos de angústia. Isso pode ser estendido às práticas diárias, como alimentação consciente, movimento , meditação e muito mais.

Ao estar atento, um dos lugares mais pungentes para focalizar sua atenção é sua respiração. Ao nos envolvermos com nossa respiração, nos envolvemos intrinsecamente com nosso corpo-mente . Assim, temos uma linha direta de comunicação entre o corpo e o cérebro que nos permite sintonizar e atender ao que mais precisamos naquele momento.

Para começar sua prática de respiração consciente, aqui estão três práticas fundamentais e impactantes de respiração que você pode usar a qualquer hora, em qualquer lugar.

Nota: a prática de cada um é única. A chave é deixar de lado as expectativas e o julgamento. Lembre-se de que simplesmente estar ciente de si mesmo é plena atenção plena.

1. Melhorando o foco e a concentração

A RESPIRAÇÃO:

Estabeleça a base de sua prática de respiração com uma varredura atenta do corpo, gentilmente guiada pela respiração. Use-o quando quiser se sentir mais presente e no momento. Esta também é uma ferramenta poderosa para acalmar os nervos e a ansiedade.

COMO FAZER ISSO:

Você pode fazer este trabalho de respiração sentado, em pé ou até mesmo deitado de costas. Coloque uma das mãos no coração e a outra na barriga. Simplesmente observe, sinta e tome consciência de sua respiração e corpo. Começando da parte inferior do corpo, leve a atenção aos dedos dos pés e inspire e expire.

Trabalhe seu caminho para cima no corpo, envolvendo-se em um ciclo de respiração enquanto você examina atentamente cada parte do corpo, dos pés à cabeça. Você pode fazer isso pelo tempo que quiser ou definir um cronômetro de um a cinco minutos. Faça isso frequentemente para cultivar uma conexão mais profunda com seu corpo-mente.

2. Sentindo-se calmo e equilibrado

A RESPIRAÇÃO:

A respiração alternada pelas narinas traz uma sensação de equanimidade e calma por todo o seu corpo-mente. Use este trabalho de respiração quando se sentir ansioso ou estressado, ou precisar se sentir mais em sintonia consigo mesmo.

COMO FAZER ISSO:

Comece expirando completamente. Feche a narina esquerda com o dedo anular e dobre os dedos médio e indicador, deixando o polegar estendido. Inspire pela narina direita e conte até quatro. Em seguida, troque e cubra a narina direita com o polegar enquanto expira pela narina esquerda por cinco contagens.

Repita inspirando pela esquerda por quatro contagens e expirando pela direita por cinco contagens. Se você conseguir prender a respiração na parte inferior e superior da expiração, poderá incorporar isso à sua prática. Você pode estender a contagem da respiração até 10. Siga o que parece natural e repita quantas vezes quiser.

3. Aumentando sua energia

A RESPIRAÇÃO:

Ter uma prática de respiração energizante como a respiração Kapalabhati no bolso de trás é uma virada de jogo. Esta é uma prática potente que traz uma sensação rejuvenescedora, útil para quando você está se sentindo lento ou precisa de um reforço de humor.

COMO FAZER ISSO:

Coloque as duas mãos na parte inferior da barriga e expire completamente, focalizando-se realmente na barriga. Comece com uma inspiração, depois expire com força e força, puxando o umbigo em direção à coluna. Deixe que a inspiração encha os pulmões e a barriga como uma resposta natural à expiração.

Comece devagar e encontre um ritmo confortável; quando estiver pronto, comece a aumentar a velocidade de suas respirações para um efeito mais esclarecedor. Defina um cronômetro de 30 segundos a um minuto e repita duas a três vezes. Quando terminar, permita que um sopro de limpeza passe por você.

Veja também: 7 exercícios básicos para aliviar a dor da artrite nas costas e quadril

Veja também: 6 exercícios de perna para melhorar sua corrida

Postado por Barbara Daniele

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
exercícios básicos para aliviar a dor da artrite nas costas e quadril

7 exercícios básicos para aliviar a dor da artrite nas costas e quadril

12 coisas para saber sobre o plano de dieta Ceto: de problemas de fibra à perda de gordura

12 coisas para saber sobre o plano de dieta Ceto: de problemas de fibra à perda de gordura